sábado, 29 de maio de 2010

Desejos da Flor!

Não se detenhas...
Eis a flor desabrochada,
Suave perfume exala,
Essência adocicada.

Ah, beija – flor!
Em tenro cálice a seiva aguarda-te...
Ansiosa para ser degustada.
Afaste as pétalas delicadas,
Da rosa rubra apaixonada.

Beije, sugue com ardor...
Dos recôncavos o licor,
doce mel do amor.

Márcia Costa

2 comentários:

  1. Muito obrigado Marcelo... Continue em nosso blog... Um grande abraço... Edinan Almeida

    ResponderExcluir