sábado, 22 de maio de 2010

Sonhos e Solidão



Na emoção desvairada
senti a dor da solidão.
Cobriu meu corpo de devaneios,
desejos perdidos no chão.

Os mares perderam as águas,
e as nuvens a imensidão.
Perderam-se sonhos e inocência,
na calada da escuridão.

Penetrou nos lábios do abismo
entrando em contradição.
E o sonhos, sem sonhos, cobertos de sonhos,
jogados em vão.

Um abraço quente,
sem braço e sem mão.
Despiu da tatuagem,
do ventre do coração.

Fugi dos pesadelos
que cercavam minha noção.
E meus sonhos por pesadelos
é só solidão.

(Publicado no Livro "4 Faces e o Amor" (2010) pela editora Pragmatha)

Fábio Aiolfi

 Conheça Fábio Aiolfi
(Clique na imagem)

12 comentários:

  1. Obrigando pelo carinho...sucesso nesse blog... linda iniciativa!

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigao Fábio. Será sempre um prazer te-lo neste blog. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal sua iniciativa,e Fábio Aiolfi sua poesia e bela e tocante ,cheio de obscuridade ...
    Parabéns para o dois...
    Bjs!
    Maysa Peronii ...

    ResponderExcluir
  4. Parabéns,Fábio,pela bela poesia,mais uma vez,sempre grata a ti,com muito carinho,beijos no coração!

    ResponderExcluir
  5. Poesia pulsante de intensidade e no fim um ar de mistério...sua solidão despeja união de sentimentos,toques de um grande poeta.Parabéns Fábio!

    ResponderExcluir
  6. Adorei... um grande beijo Fábio

    ResponderExcluir
  7. Ooops esqueci de falar... sem contar que além de talentoso, é lindo pra caramba....
    Te adoro... sou sua fã, grande Fábio Aiolfi!

    ResponderExcluir
  8. Leio direito essa poesia... LOVE******
    huahuahuahuahu'

    ResponderExcluir
  9. Parabéns Edinan o blog está fofi's

    ResponderExcluir
  10. Muito obrigado Larissa... é um prazer recebe-lá no blog...Bjs

    ResponderExcluir
  11. Valeu gente, obrigao pelos comentários..

    ResponderExcluir