sábado, 26 de junho de 2010

Cativa

 De tão longe vens
 E me carregas a alma
 Me invade com força
 Sem pedir licença
 De tão longe vens
 Arrebata meu ser
 Eleva meus sentimentos
 Carrega-me cativa
 
 Na loucura disso tudo
 Cativa do teu ser
 Cativa desse amor
 Cativa desse querer

 Te quero com toda força
  Te quero com todo ardor
 Te quero sempre
  Só te quero.
 
Angela Souza 

Um comentário:

  1. Obrigada por postar minha poesia.Ficou linda a maneira que colocou.Bjus

    ResponderExcluir