domingo, 13 de junho de 2010

Tudo em mim é você


Estou a saborear sentimentos incompreendidos por mim.
Degustando minuciosamente cada sentir.
Ora prazerosos e felizes... Ora confusos e loucos.
Sinto que tudo explode aqui dentro!

A tua lembrança se faz tão constante em mim.
Que já não há tempo para sentir a dor que tua ausência faz.
E essa saudade que sinto tem o gosto doce.
Embora esteja misturada ao fel da solidão.

E o meu desejo grita, como um louco, a chamar-te.
No mesmo momento em que minha voz se cala...
Por não mais saber o que e como dizer.
E as palavras? Ah! Elas já são tão vazias, não me traduzem.

Tenho-te mais presente em mim que a minha própria essência.
Meu corpo transpira teu cheiro, meu paladar tem o teu gosto.
Encontro-te nos meus sonhos, pensamentos e sensações.
Tem tanto de você aqui. Tudo é mim é tão você!

Eis que já és mais, bem mais que simplesmente especial.
Em verdade eu posso dizer, cantar, gritar...
Que és extremamente, indiscutivelmente essencial pra mim.
E eu? Quero-te com uma  vontade que já não tem fim.
 Jin Oliveira

3 comentários:

  1. Edinan.
    Sinto-me grandemente honrada em está aqui nesse teu cantinho.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. É um prazer para mim te-lá aqui! Um grande abraço!

    ResponderExcluir